Mitos e verdades sobre o cabelo

Atualizado: Mai 28


Quantas vezes ouvimos que a água fria deixa o cabelo mais brilhante ou que se cortar as pontas, ele cresce mais rápido? Este é o sítio certo para desmistificar algumas crenças da sabedoria popular capilar.



Provavelmente durante toda a sua vida recebeu conselhos de mães, tias, avós e amigas sobre como cuidar bem do seu cabelo. No entanto, se algumas dessas dicas acabaram por cair por terra, outras ficaram bem enraizadas nos nossos hábitos e costumes. Mas, afinal, o que é que é verdade ou mito em relação aos nossos cabelos?


9 verdades sobre o nosso cabelo


Dormir com o cabelo molhado faz mal ao couro cabeludo – VERDADE. A humidade pode favorecer o aparecimento de fungos, o que enfraquece os fios.


Prender os fios com frequência estimula a queda – VERDADE. Tudo o que puxe os fios, como é o caso dos coques muito altos e tranças bastante apertadas, pode ocasionar queda pela tração que vem do movimento.


Lavar os cabelos com água fria deixa-os mais brilhante – VERDADE. Uma parte significativa da beleza e do brilho dos fios vem da saúde da pele do couro cabeludo. Como a água quente pode estar a ressecar o seu couro cabeludo, acabando por afetar o cabelo por inteiro.


O secador precisa ser usado a uma distância mínima de um palmo – VERDADE. Sim e, de preferência, utilizando um spray antitérmico antes. O secador deve também ser utilizado no comprimento do cabelo e não ser direcionado para o couro cabeludo, já que o jato de ar quente é prejudicial pois pode, entre outros problemas, ressecar a região.


Quem tem couro cabeludo sensível deve evitar aplicar qualquer tipo de química nos cabelos, inclusive tintura – VERDADE. Todo procedimento químico afeta a saúde da pele do couro cabeludo. No caso do alisamento, por exemplo, este resseca e a química presente pode aumentar a sensibilidade local. Para pintar, o ideal é usar um tonalizante, que é menos agressivo. Porém, é importante observar o quão sensível está o couro cabeludo.


Mexer o tempo todo no cabelo faz mal – VERDADE. Seja a coçar a cabeça ou a enrolar o cabelo como hábito, está a contribuir para danos no couro cabeludo, aumentar a oleosidade e prejudicar o crescimento dos fios.


Uma boa alimentação dá mais brilho e saúde ao cabelo – VERDADE. Uma alimentação rica em vitaminas, proteínas, ômegas e muita água, ajuda o cabelo a crescer saudável.


A qualidade da água influencia na saúde do cabelo – VERDADE. A salinidade da água ou o seu pH alteram a saúde do cabelo e, em algumas vezes, dependendo da localização, pode piorar ou melhorar. Cada cidade tem um tratamento diferente da água, e a canalização da casa também tem influência.


O stress pode causar a queda de cabelo – VERDADE! O stress ou um acontecimento traumático podem duplicar ou até mesmo triplicar a queda de cabelo. Nestes casos, é importante abrandar o ritmo de vida e, muitas vezes, procurar uma ajuda profissional para reverter este efeito.



Os melhores alimentos para uma pele saudável



6 mitos sobre o nosso cabelo


Cortar as pontas com frequência faz o cabelo crescer mais rapidamente – MITO. Cortar o cabelo com periodicidade é interessante porque deixa o cabelo com um aspeto mais leve, mas isso não tem relação alguma com o seu crescimento. Quando cortamos as pontas, estamos apenas a retirar as pontas duplas e os fios já enfraquecidos.


A fase da lua tem influência no crescimento dos fios – MITO. Apesar de ser uma crença popular, não há estudos científicos que confirmem tal afirmação.


Puxar os fios brancos faz com que nasçam mais no lugar – MITO. Arrancar um fio branco apenas faz com que ele nasça novamente depois.


Um grande corte de cabelo pode fazer com que os fios engrossem depois – MITO. Quando cortamos a haste do pelo rente à raiz, numa área em que ela é naturalmente mais grossa, é normal que, após o corte, pareça mais grosso graças ao toque, que dá essa impressão. No entanto, na realidade, a espessura não é modificada.


O cabelo acostuma-se a um mesmo shampoo e condicionador ao fim de algum tempo, por isso, os produtos têm de ser trocados com frequência – MITO. Não há comprovação científica disso. Acontece que a pele do couro cabeludo, em constante renovação, reage a fatores externos, como condições climáticas e é interessante procurar produtos específicos para as necessidades de cada fase. Por exemplo, no inverno, geralmente é indicado usar produtos que promovam uma melhor hidratação e, no verão, que controlem a oleosidade.


Secar o cabelo com secador estraga-o – MITO. No entanto, terás de usar uma temperatura baixa e um protetor de calor, para não teres uma irritação do couro cabeludo e danificares os fios de cabelo.



6 Dicas para cultivar o autocuidado



Nem verdade, nem mito. Depende de caso para caso.


Chapéus, gorros e bonés não são amigos do cabelo

Na verdade, os chapéus e bonés ajudam a proteger o couro cabeludo do sol, no entanto, quando há maior humidade, como em caso de dias de praia ou de atividades ao ar livre, eles podem abafar a área e dar espaço para uma possível proliferação de fungos, o que vai afetar a raiz e os fios.


Não é recomendado lavar o cabelo todos os dias

Caso estejamos a falar de um caso de muita oleosidade, é interessante lavar todos os dias para evitar o aparecimento e a proliferação de fungos no couro cabeludo. Por isso, mais uma vez, depende de caso para caso.



Ajudamos a desmistificar alguns mitos e esclarecemos algumas dúvidas? Se sim, concluímos o nosso trabalho com sucesso! Se tiver alguns “mitos” e “verdades” sobre o cabelo que queira esclarecer, partilhe connosco entrando em contacto.


12 visualizações0 comentário