Como eliminar marcas e cicatrizes na pele


Algumas marcas na nossa pele acabam por tornar-se cicatrizes. Nem sempre lhes damos a devida importância, até ao dia em que nos incomodam. Descubra como eliminá-las de forma segura e eficaz.



Existem diferentes tipos de manchas e cicatrizes que a nossa pele vai adquirindo ao longo dos anos. A maioria das manchas surge através da exposição solar excessiva ou sem proteção, uma vez que os raios solares estimulam a produção de melanina, o pigmento que dá cor à nossa pele.


Além disso, alterações hormonais, medicamentos e outros fatores também acabam por ser responsáveis. Entre as manchas na pele, existem algumas mais comuns e que acabam por manifestar-se em cicatrizes na pele.



Conheça aqui quais são as 5 doenças de pele mais comuns



3 tipos de manchas e cicatrizes da pele e respetivos tratamentos para eliminá-los


1 # Melasma

Trata-se de uma mancha escura que surge no rosto, próximo às maçãs do rosto e na testa, sendo comum surgir na gravidez ou na menopausa, relacionando-se, portanto, com as alterações hormonais. O que ocorre é que estas alterações irritam os melanócitos que deixam as áreas mais escuras em determinadas partes do rosto.


Tratamento recomendado: Intensive Whitening Treatment

Este tratamento revela-se eficaz, sendo a sua principal ação a exfoliação e despigmentação, para além de um alto poder oxigenante e anti idade. É um estimulante de colagénio, melhora a textura da pele e deixa as cicatrizes menos atenuadas, sendo indicado para peles asfixiadas e/ou com problemas de pigmentação.


2 # Manchas causadas pelo sol

Estas manchas ocorrem com maior frequência em pessoas de pele clara ou morena, que ficam muito expostas ao sol sem proteção. As partes do corpo comummente afetadas são as mãos, os braços, o rosto e o pescoço. Apesar de ser mais comum a partir dos 40 anos de idade, também podem surgir em pessoas mais jovens.


1º Tratamento recomendado: Peeling químico

O Peeling Quimico é um tratamento estético, não invasivo, com efeito despigmentante que deixa a pele mais uniforme, dá brilho e luminosidade ao rosto. É uma técnica de rejuvenescimento cutâneo para melhorar a textura da pele do rosto utilizando uma substância química com o objetivo de remover as camadas superficiais da pele envelhecida e estimular a renovação celular.


É um procedimento químico suave e praticamente indolor que remove as camadas superficiais da pele onde se encontram células mortas e lesões, deixando uma nova camada visível, sem marcas ou manchas. Também elimina pequenas rugas e cicatrizes, ficando a pele mais radiante e rejuvenescida, literalmente, como nova.


2º Tratamento recomendado: Tratamento antienvelhecimento

Este é um tratamento recomendado para retardar o envelhecimento da pele e para aquelas peles que começam a manifestar os primeiros sinais de perda de firmeza e de regeneração celular. Graças à ação sinérgica dos polifenóis e dos alginatos conseguiremos uma maior resistência ao envelhecimento cutâneo.



3 # Manchas e cicatrizes devido à acne

As cicatrizes de espinhas é uma causa bastante comum de manchas na pele, desde adolescentes. Pode surgir após o tratamento da acne grave, sendo necessário uniformizar o tom da pele e evitar a exposição solar.


1º Tratamento recomendado: Peeling químico


2º Tratamento recomendado: Radiofrequência de rosto

A radiofrequência no ocorre através de uma fonte de calor, que estimula a pele a produzir novas fibras de colágeno, melhorando a qualidade e a elasticidade da pele, corrigindo linhas de expressão e rugas, melhorando a hidratação e a firmeza do rosto.


Além disso, aumenta a circulação sanguínea e mantém a pele firme, rejuvenescida e oxigenada, sendo uma forma segura, duradoura e sem dor, para combater a flacidez do rosto. É recomendado, para além do tratamento da flacidez e das rugas e linhas de expressão, para reduzir as cicatrizes causadas por acne.


A radiofrequência vai promover um aquecimento simultâneo nas regiões superficiais (derme) e profundas (hipoderme), gerando diversas reações metabólicas e estruturais, como a contração das fibras de colágeno e a retração da pele, a neocolagénese e o aumento da circulação sanguínea e linfática, melhorando o aporte de nutrientes e oxigênio das células.



Conhece realmente o seu tipo de pele?



O primeiro passo – e mais importante – passa por realizar uma avaliação à sua pele, com um profissional qualificado, como pode encontrar no espaço Isabel Lopes – Loft e depois definir um plano de intervenção, devolvendo a beleza e saúde à sua pele.


Posts recentes

Ver tudo