Como combater a flacidez na barriga


Existem tratamentos estéticos não invasivos para devolver a firmeza da pele e diminuir a flacidez na barriga. Descubra as nossas dicas e recomendações.



Por mais que tenhamos uma rotina regrada de cuidados com a pele, não existe muito como escapar à flacidez. Ela é bastante comum, principalmente em pele mais maduras. Pode ser mais acentuada ou surgir mais cedo em algumas pessoas, já que são diversas as variantes que a afetam, tais como excesso ou oscilações de peso, gravidez, entre outros.


O colagénio é a principal proteína que dá estrutura e firmeza à pele e, quando este se encontra diminuído ou pouco contraído, o resultado é uma pele flácida, que parece ficar enrugada e com grande elasticidade. Por isso, para combater a flacidez da pele de qualquer parte do corpo é essencial atuar sobre as fibras de colagénio existentes e formar novas fibras.


Entre os melhores tratamentos estéticos não invasivos cujo objetivo é devolver a firmeza da pele de várias áreas do corpo, sendo o nosso foco o combate à flacidez na barriga, deixando-a lisa e mais firme, incluem a radiofrequência.



6 Dicas para cultivar o autocuidado



Causas que provocam a flacidez na barriga

A flacidez na barriga surge devido à falta de elasticidade do tecido, que enfraquece as fibras de colagénio, formando aquele aspeto folgado na pele. Sabia que os raios solares são responsáveis por acelerar o envelhecimento da pele, comprometendo também a elasticidade e a sustentação? O tabaco é outro fator que pode antecipar o envelhecimento.


É muito comum a perda de elasticidade da pele após os 40 anos e esse processo ocorre de forma natural ou por influências externas. Há duas situações em que a flacidez na barriga pode ganhar mais destaque.


Um delas, em mulheres relativamente magras que engordaram bastante, por exemplo, numa gravidez, ou em mulheres após os 40 anos de idade, cujo período da produção de colagénio diminuiu e a pele vai sendo substituída por outro tecido, menos elástico e mais fibroso.



Conheça também a gessoterapia: tratamento reafirmante remodulante



A radiofrequência no combate à flacidez na barriga

Na radiofrequência é usado um equipamento que desliza sobre a pele produzindo um calor agradável, que nunca deve passar dos 40ºC. As ondas emitidas pelo aparelho atuam diretamente na pele, contraindo as fibras de colagénio existentes, promovendo ainda a formação de novas fibras de colágeno.


Os resultados são progressivos e após cerca de 21 dias a pele encontra-se ainda mais firme que nos primeiros dias após a aplicação. Mas para que a pele fique totalmente lisa, sem nenhuma flacidez na barriga, pode ser necessário fazer uma sessão a cada 15 dias, por um período de aproximadamente 3 meses.


Se possuir ainda alguma gordura abdominal a própria radiofrequência é capaz de ajudar na sua eliminação, no entanto, se o objetivo é, além de acabar com a flacidez da barriga, eliminar a gordura localizada pode-se realizar um protocolo de tratamento envolvendo a radiofrequência, com a eletroestimulação e a pressoterapia.

Eletroestimulação: sem flacidez e sem celulite

A celulite anda quase de mãos dadas com a flacidez e pode estar presente até na zona dos flancos, na extensão da barriga. Assim, a eletroestimulação surge para tratar a celulite, gordura localizada, flacidez e ainda a retenção de líquidos.


Além de uma maior definição do contorno do corpo e de eliminar o efeito de pele casca de laranja, o aspeto da pele é melhorada pela eletroestimulação, é devolvida elasticidade e firmeza da pele, combatendo a flacidez da barriga.


É importante prevenir e não deixar de tratar

Os cuidados devem vir com alimentação saudável, exercício físico, entre outros. Quando falamos de alimentação, o mais aconselhável é optar por proteínas magras, uma vez que auxilia na formação dos músculos e proporciona sensação de saciedade.


Essa alimentação deve conter legumes e verduras, carnes, derivados de leite e alimentos com pouca gordura. Pode também tomar chá verde e comer frutas vermelhas, já que são ricos em antioxidantes, substâncias importantes para evitar a flacidez de pele e combater o envelhecimento.


O colagénio auxilia no combate a flacidez na barriga, por isso, pode adotá-lo como forma de tratamento caseiro, incluindo em sua dieta alimentos ricos como gelatinas e suplementos naturais.


Os cremes para combater a flacidez da barriga servem de prevenção, pelo que se já tem flacidez abdominal no momento, os mesmos não vão fazer o efeito desejado, já que o nível de absorção das substâncias pelo organismo é mínimo.



Veja também como combater a retenção de líquidos



Se a flacidez da sua barriga não é exacerbada, não necessita de recorrer à cirurgia estética e pode optar pelos tratamentos não invasivos aqui propostos ou outros, que lhe possam ser aconselhados numa consulta de avaliação. Não espere mais, marque agora a consulta que vai ajudá-la a aumentar o seu bem-estar e a sua autoestima!


Posts recentes

Ver tudo